Mais um dia – Müller Barone

muller_barone_jul.2018

Mais um dia
E, todavia,
Nada em dia.

Nada havia,
Na paixão tardia,
Um amor sem via,
Um coração que só batia.

Um corpo que ouvia,
Via, sentia, existia,
Mas não vivia.

Não havia o que ser,
Não era o que ter,
Não tinha o que haver,
Tudo era só estar.

Nada ali, nada aqui,
Nada lá, nada acolá.
Nada, de nada, por nada.

Em meio a tudo,
Contudo,
No dia, há nada,
Por tudo.

.

Poema e imagem de Müller Barone

___________________

Mais Artes de Müller Barone :

https://www.facebook.com/MullerBaroneFotos/timeline

https://www.facebook.com/pages/Cogumelos-Voadores/349079145192803?sk=timeline

https://www.facebook.com/Sobre-Cinema-1222029074594666/

https://www.facebook.com/AlegriaMB/timeline

Anúncios
Esse post foi publicado em Imagens, Poesia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s