Arquivo do autor:claricevillac

Like a Rolling Stone – Clarice Villac

Like a Rolling Stone A pedra hoje à beira do caminho coberta de musgo sabe seu percurso até ficar redonda. Essa história concreta, onde está escrita ? Essa densidade repleta de voltas nos contempla… Somos bolhas de sabão ?   … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , , | 2 Comentários

Lua Cheia na Praia de Itaúna – Saquarema, RJ – foto de Celso Pestana de Aguiar; poema de Clarice Villac

avançando pelo dia – em desafio ao riscado geométrico dos fios – insuperável Lua Cheia !     poema de Clarice Villac foto de Celso Pestana de Aguiar: Praia de Itaúna – Saquarema – RJ 04.12.2017

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , | 2 Comentários

Joões-do-mato – desenho de Carla Pilla; lenda pesquisada por Clarice Villac

Joões-do-mato São pequenos duendes, que têm o corpo quase todo coberto por folhas. Os jovens têm folhas verdes e tenras; quando mais velhos, são amareladas. Carregam sempre um potinho de barro ou saquinho de couro, cheios de sementes de variadas … Continuar lendo

Publicado em Contos e Lendas, Imagens, Prosa | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Dos ritmos (des)necessários (ou pequena fábula cotidiana) – Clarice Villac

Dos ritmos (des)necessários (ou pequena fábula cotidiana) Sempre foi uma pessoa esforçada, racional, prática… Trabalhou muitos anos com mercado de capitais. Será que vem daí que hoje, décadas depois, em sua fase octogenária, suas palavras não consigam entrar na fila … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com | Deixe um comentário

Um haiquase e outro quase – desenho de Leila Rangel-Rangelda; haiquases de Jiddu Saldanha e Clarice Villac

Mais um dia e meus pés se arrastam nos cacos da utopia… – Jiddu Saldanha 07.11.2017 mas sonhos rebrotam até nos cantos mais tristonhos… – Clarice Villac 08.11.2017 Led Zeppelin – Stairway To Heaven Live The Song Remains The Same … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Paisagens Interiores II – imagem de Müller Barone; poema de Clarice Villac

Paisagens Interiores II   nas paisagens interiores em que habito sucedem-se sempre sensíveis sonoridades sussurram sincronicidades e as sombras dos temores face a face ao livre-arbítrio esvoaçam ameaçam nessa dança dialética vou buscando equilíbrio… mas me falta paciência pra dosar … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

De pousos & voos – desenho de Leila Rangel-Rangelda; haiquases de Xavier Zarco e Clarice Villac

de pousos & voos na palma da mão pousa um pássaro tão breve como a eternidade – Xavier Zarco – Portugal na palavra do poeta voa uma imagem tão única como um suspiro – Clarice Villac 06.10.2017 – desenho de … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , , | 1 Comentário