Arquivo da categoria: Poesia

Da janela – poema de Clarice Villac, aquarela de Alexandre Zilahi

da janela   no meio da tarde de quinta-feira – num flash – – no vento – de bermuda florida, boné, camiseta escura desce a rua cantando e deslizando de skate uma alma livre !   Clarice Villac 31.08.2017 aquarela … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , | 2 Comentários

Hard Times – poema de Clarice Villac, referência a Vapor Barato de Jards Macalé e Waly Salomão

Hard times sexta-feira quase escura – no lusco-fusco tudo se mistura E, sem mais essa nem aquela, vem a vida e me empurra novamente pro centro da cidade E, infalível como paixão antiga reversa, vem à tona minha absoluta incompatibilidade … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , , | 2 Comentários

“Movimento dos barcos, movimento…” – poema de Clarice Villac, imagem de Vincenzo Cencin, referência a Jards Macalé

“Movimento dos barcos, movimento…” Quando as dificuldades são muito grandes às vezes transbordam os limites gestados por antigos, arraigados preconceitos cotidianos… E, com sorte, é possível transpor esse estágio graças aos esforços e à força de corações muitas vezes antes … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , | 2 Comentários

Às Margens do Igarapé – (a Lenda do Boto) – poema de Clarice Villac, aquarela de Alexandre Zilahi

Às margens do igarapé Foi numa noite de festa que seus olhos se cruzaram quando a Lua ia alta a dançar se aproximaram. Ele, alegre e bem gentil Ela, riso juvenil e logo se apaixonaram. Brincaram a noite inteira, ela … Continuar lendo

Publicado em Contos e Lendas, Imagens, Poesia | Marcado com , | 2 Comentários

Dialética – Clarice Villac

Dialética do fundo do inverno às 5 e pouco da matina desanda o sabiá a cantar – surpresa e a lembrança: a primavera voltará ! … e do yin vai aparecendo o yang… . Clarice Villac 25.07.2017 (imagem encontrada na … Continuar lendo

Publicado em Poesia | Marcado com , | Deixe um comentário

Arrelia – aquarela de Alexandre Zilahi, poema de Clarice Villac

A rrelia & Pimentinha R isos espontâneos da criançada R elembro com alegria ! E trago como reserva afetiva interior, L eveza simples de nossa infância I lumina sempre e nos impulsiona A vivermos criando, com Arte, um mundo melhor. … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Ziraldo, o Vovô Maluquinho – aquarela de Alexandre Zilahi, poema de Clarice Villac

O vovô maluquinho Ziraldo. Estudo com canetas esferográficas e Aquarela por Alexandre Zilahi.   Z izinha e Geraldo deram a seu filho este nome especial I nfinitamente único, Ziraldo, lúcido e imaginativo, R eúne em si maestria de desenhista, escritor … Continuar lendo

Publicado em Imagens, Poesia | Marcado com , , | 2 Comentários